Cultura corporativa: o que é e para o que é mesmo?

cultura corporativa

Toda empresa é regida por um conjunto de códigos explícitos (métodos, processos, regras) e por um outro conjunto implícito (percepção, valores, missão).

A cultura corporativa decorre do primeiro grupo e habita o segundo.

Reconhecer e entender os aspectos culturais de sua empresa possibilita que todos os integrantes de seu time convirjam a um mesmo rumo, ou seja, ‘remem para o mesmo lado’.

Isto não implica em apagamento da diversidade, tampouco, em engessamento da criatividade, do intraempreendedorismo e da inovação. Em contrário, um ambiente corporativo culturalmente saudável fomenta tais aspectos; em contrapartida, os aculturados os dificultam.

A cultura de uma organização possibilita a transparência, gera condições para que novos talentos se juntem ao time e sobretudo os mantem dentro da equipe.

É importante perceber que a cultura corporativa ultrapassa as fronteiras de sua empresa, perpassa também seus parceiros e clientes, deste modo, o conjunto operacional da empresa é influenciado por sua cultura.

Alguns aspectos importantes que compreendem a cultura de sua organização:
  • Time: diferente de fazer aquilo que se gosta é fazer aquilo que se precisa, ser parte de um time implica em conhecer e aplicar as regras e atentar para a dinâmica do jogo.
  • Transparência: as ações devem ser compartilhadas e devidamente explicadas aos membros de seu time, ou seja, esconder os propósitos, métodos e implicações ocasionam efeito negativo na cultura empresarial.
  • Reconhecimento: Saber creditar, bonificar e incentivar a atuação de seu time se traduz em gratidão. A gratidão rapidamente converte-se em predisposição em colaborar mais e melhor.
  • Confiança: Se você escolheu alguém para integrar o seu time não há porque não confiar em sua capacidade, caso isso ocorra significa que o erro foi primeiramente seu.
  • Valores: saber quais são e a que se destina os valores de sua empresa contribui para o fortalecimento da cultura corporativa e fomenta a união.
  • Observar e ouvir: Aprendemos observando e não discursando; ao invés de transformar-se em uma fonte única de ‘genialidade’, olhe e escute o seu time.
  • Conhecer: Alguns dos talentos de sua equipe necessariamente não são conhecidos no ambiente corporativo, busque sempre saber mais e surpreenda-se com o que irá descobrir.
  • Oportunidade: Saiba que por mais prazeroso que o trabalho em sua empresa possa ser, ainda assim é trabalho. Crie condições para que o seu time cresça junto com a empresa, transforme a competência em recompensa e realização pessoal.
  • Ensine: A melhor forma de aprender é ensinando, fomente a colaboração entre o seu time e o compartilhamento, quanto melhores eles forem melhor sua corporação será.
  • Mude: A estagnação e o conformismo com o decorrer do tempo estagna e conforma.

Cuidar da cultura da corporação é cultivar o futuro! Descuide-se e ela secará e morrerá!

Este é um conteúdo autoral licenciado pela licença Creative Commons

Atribuição-Não Comercial CC BY-NC
Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Deixar resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3510