O que te move? Trabalho voluntário e viagens

O que te move a viajar?

Lazer, descanso, curiosidade, diversão, trabalho, amor… e porque não um trabalho voluntário?

Trabalhos voluntários podem te ajudar a ter um olhar mais humano para o mundo, a ser mais solidário e menos crítico, desenvolvem a criatividade pois em muitos locais não há recursos para dar suporte a atividade, desenvolvem a comunicação, trabalham as relações interpessoais e competências emocionais, pois entrar na vida das pessoas é algo que deve ser feito com cuidado e respeito.

Há sites que gerenciam esta experiência fazendo o planejamento e os contatos com as ONGs locais como a Volunteer Vacations. Outras que tradicionalmente trabalham com intercâmbio como a Central de Intercâmbio também oferecem esta modalidade. Sair ou não do Brasil é uma escolha individual, pois há iniciativas como a do Ecovoluntariado do Instituto Ekko Brasil e da Volunteer Vacations que estão disponíveis aqui mesmo no nosso país.

Quer ser um “volunturista”? Vale a pena também dar uma olhada no site da ONG VolunTourism.

Mas não entenda viagem para trabalho voluntário como viagem gratuita! Apenas o trabalho no local é voluntário. Para chegar até o local você precisará bancar a experiência, como bancaria uma viagem de férias. Claro que os custos não serão os mesmos, pois o propósito é outro. Mas o investimento pode ter um valor sem igual! Neste caso, a realização do propósito é a maior recompensa. Por isto, ter claro o que te move, também neste caso, pode lhe levar a experiências incríveis e gratificantes.

Lembre-se, trabalhos voluntários podem ajudar a transformar realidades e também a si mesmo, em qualquer idade. Qual causa te toca o coração, te faz cruzar fronteiras, sair do conforto do seu lar em busca da realização de um propósito, de fazer a diferença em um projeto que você acredita?

Considere esta experiência e … boa viagem!

 

Imagem: Pixabay

Este é um conteúdo autoral licenciado pela licença Creative Commons

Atribuição-Não Comercial CC BY-NC
Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Deixar resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3633