Ser produtivo, querido e saudável: o desejo da maturidade brasileira

Solidão, doença e dependência física; estes são os três maiores temores do brasileiro a respeito do próprio envelhecimento, segundo pesquisa da Bayer em conjunto com a Sociedade Brasileira de Gerontologia e Geriatria.

Bons hábitos alimentares, atividade física, uma rede de relacionamentos e o senso de utilidade também são primordiais para o “bom envelhecimento”, na avaliação da presidente da Sociedade, Maísa Kairalla.

Enquanto a longevidade aumenta e representa uma melhora da qualidade de vida do brasileiro, a pesquisa destaca a necessidade de mudança da mentalidade e das políticas públicas frente a esta que será, em trinta anos, a população majoritária.

Leia outros dados do estudo em:

Deixar resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4309