Somos um País !!!

Hoje o Oportunaidade está de luto. Perdemos nosso colaborador Fernando Malta. Assim como as oportunidades passam num instante, sua passagem nos faz pensar que a vida é breve, e por isso precisa ser aproveitada intensamente! Sim, estamos tristes…Mas sua lição de otimismo, esperança e garra fica! Compartilhamos com vocês seu último texto. Vai em paz, amigo! E obrigada por todo o talento e alegria que dividiu conosco!

 

 

Dentro da estrutura em que vivemos hoje, para se tornar humanamente possível viver bem, uma alternativa é nos perceber como um país!
Nos entender como um país é um estado de sobrevivência para manter a luta e as boas vibrações. Este país tão explorado durante anos resiste. Então, é hora de pensar como vamos resistir e como sobreviver no meio de todo este caos. Várias vibrações energéticas se misturam trazendo coisas boas e ruins o tempo todo e, com a aflição do dia a dia, talvez não estejamos sabendo dosar que tipo de energia deve ou não entrar neste nosso país.

 

Crise, guerras, desrespeito mútuo, entre outras coisas tornam um desafio manter nossa saúde emocional. É fundamental voltar para dentro em alguns momentos e aterrar em nossos bons valores, questionar e avaliar com o coração (sentir) se de fato algo é bom para mim e como as coisas (pensamentos, ações, comentários, etc) interferem nos outros.

Então, fica aqui minha dica para nos fortalecemos, autodesenvolvermos e ajudarmos nosso país (interno e externo): vamos cuidar do que entra em nossa alimentação, nas conversas que temos, quem se aproxima de nós, no que nos permitimos fazer e que vibração é esta que fica após cada uma de nossas atitudes.

Neste momento quero trocar um forte abraço com você! Lindos dias.

 

Photo by delfi de la Rua on Unsplash

Este é um conteúdo autoral licenciado pela licença Creative Commons

Atribuição-Não Comercial CC BY-NC
Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Deixar resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4389